segunda-feira, janeiro 08, 2007

Intolerância Religiosa

Uma pena as pessoas não saberem a parva diferença entre aqueles que são crentes ao mesmo credo em que professamos e aqueles que professam uma fé diferente... E o que é pior, não respeitam aquilo que é, até mesmo, assegurado por lei! Aqueles que não são G12zistas (G12), Católicos, Protestantes, Pentecostais, Budistas, Mulçumanos etc. (de acordo com a fé professada), tem o mesmo direito a vida quanto a qualquer um e em qualquer lugar no mundo.

O que um indivíduo tem a oferecer em uma relação, em qualquer esfera, não é somente o credo prefessado, indivíduos diferentes possuem várias outras qualidades e defeitos diferentemente daquilo em que estamos acostumados em nosso cotidiano que pode, sim, ser muito bem apreciado em uma amizade ou em uma discussão saudável. Atentando sempre para o crescimento...

Eu tenho certeza que até mesmo aqueles que fazem parte do 'esteriótipo satânico' de muitos 'alienados' (que vestem de preto, que bebem sangue de bode, que cortam o seu corpo, etc, etc, etc...), tem algo a acrescentar!

Uma lástima! Os indivíduos, hoje em dia, são definidas pela fé na qual professa... Se uma pessoa se diz evangélica (usa-se evagélico apenas como exemplo), logo um senso de valor é emitido no âmago de cada pessoa, sendo as vezes, externado na forma de uma intolerância religiosa, seja no agir quanto no falar. Mas isso pouco importa, pois esta definição dificilmente irá mudar.

"Deus só age se for evangélico";

"Os que não estão na visão ou não são evangélicos são incircunsisos 'filisteus'!";(...)

Como se Deus fosse evangélico (mais uma vez, usa-se evangélico apenas como exemplo)! Sendo assim, prefiro ficar com a tese de que Deus é um em todos não se limitando a uma religião professada!

No mais, Vivemos na GRAÇA e pela GRAÇA... Deus 'salva' indiferentemente da religião (Religião, do termo 'religare', que provem do Latim. Significa a tentativa humana de se chegar/religar a Deus.) professada pela pessoa!

Em Deus que é soberano e misericordioso para com TODOS, PAZ!

2 comentários:

fabricio disse...

Olá Fernando,

Gostei do teu texto[alias tdo o blog], vem bem de encontro ao que penso sobre intolerância religiosa.
Sempre me pergunto,qdo não veremos mais essas 'cruzadas' em defesa da fé.

Um abração,se quiseres trocar uma ideia meu msn é fabriciovale@hotmail.com.

Abraços

Fernando Henrique disse...

Olá Fabrício, tudo bem?
Fico feliz em saber que conto com o apoio de Cristãos que ainda não foram conrrompidos pelo discurso proselista ... Com certeza, se há algo a ser aprendido com Jesus, é que os fins não justificam os meios!! A coisa deve ser levada de uma forma condizente com a realidade de Cristo, ou não deve ser de jeito algum!

Sole Dei Gloria, PAX!